http://blogak-47.blogspot.com/2010/04/um-tributo-camarada-stalino-pai-dos.html

sábado, 9 de outubro de 2010

A Rebelião fascista de 1956



Estados liberais ocidentais sempre usam anticomunismo como meio de manter o povo ‘’na linha’’. Mas eles nunca ousaram apoiar nenhum movimento fascista, naturalmente também não iriam apoiar a rebelião fascista de 56 na Hungria. Então, eles usaram outros exemplos pra propaganda – como na RDA em 53 e na Checoslováquia em 68.

No entanto, em 1991, o socialismo estagnou-se. Qualquer resistência a propaganda ocidental desapareceu. O tempo de renazistificação chegou e a rebelião de 1956 na Hungria se tornou o primeiro tema a ser debatido.

O aniversário da rebelião virou feriado nacional e as celebrações são financiadas pelo Estado húngaro. Todos os hediondos crimes cometidos pelos fascistas são agora totalmente perdoados e esquecidos.

Os participantes (Todos criminosos de guerra, assassinos, torturadores e vândalos) estão agora sendo divinizados.

Exemplos incluem Bela Kiraly

Um apoiador do regime pró-nazista húngaro antes da libertação pelos soviéticos, tendo naturalmente lutado ao lado de Hitler na segunda guerra. Após a vitória, ele recebeu o perdão de Stalin e foi até permitido para entrar no partido comunista de seu país. Camarada Stalin até deu a ele um posto no exército. Mas esse verme nazista logo, logo provaria sua ingratidão.

Em 1956, traiu seus valores de novo. Mas, novamente teve de sofrer o amargo gosto da derrota. Humilhado e odiado, fugiu para o ocidente, onde, pela terceira vez consecutiva, trai seus valores.

O ex-nazista, ex-comunista e ex-fascista se transformou em um apoiador dos regimes ocidentais. Depois de 1991, esse covarde, nazista, vira-casaca, hipócrita e traidor, retorna a Hungria, onde o novo regime lhe permite as maiores recompensas. Foi proclamado um ‘’herói’’ e foi apontado o líder do comitê da celebração da rebelião.





E, enquanto os criminosos fascistas se esbaldam nos privilégios e luxos desta nova era nazista, vemos o povo sofrer a renazistificação. Pessoas estão sendo perseguidas pelo gosto de suas roupas( vestir uma estrela vermelha é o suficiente para mandar alguém para a prisão) enquanto o PC local sofre perseguição e ameaças de ser banido. Todos os comunistas estão sofrendo uma série de insultos.

O grande culpado da rebelião?

O TRAIDOR IMRE NAGY!



O homem que decidiu liderar a rebelião. E o que é pior, disse que estava fazendo em nome do SOCIALISMO!

O HOMEM QUE AFRONTOU UM REGIME POPULAR DISSE QUE ESTAVA FAZENDO EM NOME DO SOCIALISMO!

Este crápula é tratado como herói até hoje pelo novo regime húngaro. Até construíram uma estátua para ele.



Porque um regime que se opõe abertamente ao comunismo iria apoiar um ‘’comunista’’ como ele?

Esta pergunta permanecerá sem resposta...

No entanto, a ferocidade do regime não acaba aqui. Eles deram mais um passo com um ataque direto á verdade histórica. A rebelião fascista foi chamada de ‘’democrática’’. Os eventos que provam sua natureza fascista foram silenciados. Quanto aos nazistas que lideraram a rebelião, todos eles eram apoiadores do regime húngaro que levou o país para a segunda guerra mundial.

São eles, que fugiram para o ocidente com medo de serem humilhados pelos comunistas.

São eles, os ricos, burgueses e donos de terra que financiaram a ascensão de Hitler e providenciaram tudo que fosse necessário para o imperialismo alemão.

São eles que fizeram os pogroms antisemitas que levaram ao holocausto.


Imre Nagy fez tudo pelo fascismo em nome do socialismo( obviamente estava mentido)
Ele permitiu que estatuas comunistas fossem vandalizadas, símbolos comunistas fossem profanados, bandeiras soviéticas fossem queimadas, e ainda disse que estava fazendo em nome do socialismo.

UM MENTIROSO! UM FASCISTA!

Os fascistas massacraram todos que pudessem ser uma ameaça a uma possível Hungria baseada nos valores de ‘’Deus, pátria, familia’’.

Durante a guerra fria, os fascistas clamaram que os soviéticos mataram 30,000. Mais tarde foi descoberto que só 4000 morreram. Mais uma vez os fascistas estavam mentindo

A rebelião, no entanto, sofreu resistência. Enquanto os fascistas prendiam, torturavam e executavam quem queriam, havia os que decidiram resistir. Muitos camponeses – praticamente 40% da população – decidiram não apoiar a rebelião. Resultado: um banho de sangue.

Estes eventos são, no entanto, silenciados. Os fascistas conseguiram esconder muito da evidencia, apenas algumas fotos foram salvas, para nos lembrar de seus crimes. Decidi não botar elas aqui, tamanha a brutalidade.



Finalmente, os soviéticos, eternos heróis da humanidade, são agora condenados. Mesmo tendo se oferecido para mandar ajuda para um país ALIADO que estava em caos
Mas a propaganda moderna tornou esse ato de honra em um ato de opressão.

O lendário Ivan Konev



Ivan Konev, o marechal que marchou desde a Rússia até Berlin e desde Rússia até Budapeste – é agora considerado um vilão. Enquanto os fascistas foram chamados de ‘’libertadores’’ e a rebelião fascista foi chamada de REVOLUÇÃO!






Está na hora de desmascarar esta ‘’revolução’’ – usada até hoje como exemplo para trotskistas como ‘’resistencia ao stalinismo’’ e por reacionários como exemplo de ‘’luta ao comunismo’’

3 comentários:

  1. Ótimo texto, camarada. Continue o bom trabalho.

    ResponderExcluir
  2. A RÚSSIA E EUROPA DO LESTE SÃO A TUMBA DO COMUNISMO!
    MORTE AOS EXPLORADORES BANDIDOS COMUNISTAS!

    ResponderExcluir
  3. Blog de vagabundos degenerados Coxinhas Marxistas típicos do Ocidente podre que traiu o povo húngaro em 1956! AK-47 e uma cambada de cagões covardes! Em 1989 a Rússia e Europa do Leste derrubaram os Bundas Moles Comunistas em Um Dia! Agora só sobrou o tal de "AK-47" grupinho nanico de masturbadores covardes que vão fazer "revolução" no Brasil quando o cu do comunismo moribundo vai cagar dólares para os merdas da tal de "classe operária"!

    ResponderExcluir