http://blogak-47.blogspot.com/2010/04/um-tributo-camarada-stalino-pai-dos.html

domingo, 8 de maio de 2011

O que pensava Lênin sobre as eleições?



Existem muitos partidos políticos que afirmam defender o socialismo. Como todo Partido que defende o socialismo, é obrigatório seguir a linha marxista de Lênin. Eles dizem defender a linha marxista de Lênin, mas se eles realmente seguem é outra história.

No Brasil, tanto os partidos que dizem defender Lênin e Stálin quanto os que dizem defender Lênin e Trotsky acabam entrando no jogo das eleições dentro do sistema capitalista (algumas vezes, indiretamente, como é o caso do PCR).

Para uma organização que se diz ‘’leninista’’, isso é um erro grave.

As criticas ás eleições burguesas não saíram da boca de Stalin e tampouco da de Trotsky. Vieram da do próprio Vladimir Lênin.

Os seguintes trechos vêem de um artigo de Lênin escrito em 1919 – ‘’Saudações aos comunistas italianos, franceses e alemães’’:


‘’Só os velhacos e patetas podem acreditar que o proletariado deve primeiro conquistar a maioria nas votações realizadas sob o jugo da burguesia, sob o jugo da escravidão assalariada, e que só depois deve conquistar o poder. Isto é o cúmulo da imbecilidade ou da hipocrisia, isto é substituir a luta de classes e a revolução por votações sob o velho regime, sob o velho poder.’’


‘’O proletariado desencadeia a sua luta de classes sem esperar por uma votação para começar uma greve, embora para o êxito completo da greve seja necessário contar com as simpatias da maioria dos trabalhadores (e, por conseguinte, da maioria da população). O proletariado desencadeia a sua luta de classe, derrubando a burguesia, sem esperar para isso por uma votação prévia (organizada pela burguesia e sob o seu jugo opressor), pois o proletariado sabe muito bem que para o êxito da sua revolução, para o derrubamento com êxito da burguesia é absolutamente necessário contar com as simpatias da maioria dos trabalhadores (e, por conseguinte, da maioria da população).’’


‘’Os estúpidos parlamentares e os Luís Blanc dos nossos dias "exigem" obrigatoriamente votações, organizadas sem falta pela burguesia, para comprovar de que lado estão as simpatias da maioria dos trabalhadores. Mas este é um ponto de vista próprio de fantoches, de cadáveres insepultos ou de hábeis trapaceiros.’’

‘’A revolução proletária é impossível sem a simpatia e o apoio da imensa maioria dos trabalhadores à sua vanguarda: o proletariado. Mas esta simpatia e este apoio não se obtém subitamente, não se decidem em votações, mas conquistam-se numa demorada, difícil e dura luta de classes. A luta de classe do proletariado para ganhar a simpatia e o apoio da maioria dos trabalhadores não termina com a conquista do poder política pelo proletariado. Depois da conquista do poder, esta luta continua, mas sob outras formas. ‘’




2 comentários:

  1. Que descontextualização sem noção... Lenin aí está criticando os reformistas que apostam apenas numa via institucional, ou ainda, que tem uma visão etapista da revolução. Mas ele era A FAVOR da participação no parlamento burguês: https://www.marxists.org/portugues/lenin/1920/esquerdismo/cap04.htm

    ResponderExcluir
  2. falar que lenin era incondicionalmente a favor da participação no parlamento burguês também é uma puta descontextualização, caramada.

    ResponderExcluir