http://blogak-47.blogspot.com/2010/04/um-tributo-camarada-stalino-pai-dos.html

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Os bombardeios do terror. O autentico genocídio cambojano



*Traduzido do blog Dazibao Rojo.

As campanhas de difamação sobre o processo revolucionário na Kampuchea muitas vezes se esquecem dos "bombardeios secretos" iniciados pela administração Johnson em 1965 e ampliados pela administração Nixon desde dezembro de 1970.

Segundo informações da era Nixon, os bombardeios, que supostamente buscavam golpear a denominada "Trilha Ho Chi-Mihn" ou as vias de abastecimiento dos Vietcong, representaram
uma operação genocida sobre a indefesa população camponesa quando 2.756.941 (a) de toneladas de bombas, mais que as jogadas sobre Europa pelas forças aliadas na II Guerra imperialista mundial.

Segundo testemunhos da época, as bombas caíam do céu sem que se avistara a presença de aviões, o qual impedía o uso de alarmes anti-aéreas que facilitariam o refugio da população. Milhares de pessoas de toda idade e condição , assim como, animais domésticos e selvagens, pereceram nestes autênticos crimes de guerra perpetrados pelos imperialistas ianques.

Como pode ser visto no mapa, a densidade dos bombardeios em muitas zonas foi de 100%.
Não foi tão difícil, aos invasores vietnamitas em 1978 encontrar centenas de fossas com esqueletos de cadáveres nas mesmas zonas da Kampuchea Democrática.

Com a simples manipulação das imagens, atribuindo-nas a matanças realizadas pelos comunistas cambojanos, os hegemonistas regionais e seus novos amos, a União Soviética se lançaram a uma eficaz campanha de difamação contra a Kampuchea Democrática e seu processo revolucionário, tratando assim de justificar sua agressão contra um Estado nascido da vitoria revolucionaria , em abril de 1975, sobre os imperialistas ianques i o governo fantoche de Lon Nol. Governo títere que, convém recordar, foi reconhecido pela URSS e que cuja capital, Phnom Penh, manteve sua embaixada até sua liberação pelas forças do Khmer Vermelho




A tarefa de reconstrução a que tiveram que fazer frente as novas autoridades revolucionarias, conhecidas como o Angkar, é evidente que foi muito dura y complexa apesar que escritores norte-americanos, que se atreveram a ir contra a corrente das patranhas revisionistas, como Noam Chomsky ou o economista Edward Herman, mostram importantes realizações na produção de arroz e na distribuição de alimentos.

A permanente hostilidade da camarilha de Hanói, apesar das intenções da Kampuchea Democratica de firmar um Tratado de Amizade que fora ignorado pelos vietnamitas, se converteria em agressão permanente nas fronteiras e a infiltração de centenas de agentes provocadores, até que em dezembro de 1978 lançaram uma invasão com apoio da URSS.
Extensas zonas do país foram ocupadas pelos invasores ainda que os comunistas cambojanos através da direção de Pol Pot tenham feito uma tenaz e prolongada resistência contra os vietnamitas e seu regime títere.

Os analistas deste período histórico tem focalizado suas investigações nas figuras dos supostos crimes cometidos pelos revolucionários mas nunca tem revelado a verdadeira cifra dos mortos, homens, idosos, mulheres e crianças que os bombardeios secretos causaram na população ou a gravidade das patologias produzidas pelos mesmos.

Nos encargos contra a direção da Kampuchea Democratica se aponta a abolição do dinhero ou a oposição á sociedade de consumo. Realmente seu crime mais significativo foi querer acabar com a exploração capitalista, baseando-se em suas proprias forças.
Hoje um tribunal da ONU, de juízes corruptos, julga a uns idosos, enquanto que milhares de pedófilos ocidentais vêm convertendo o país dos Khmer em um prostíbulo.

3 comentários:

  1. Primeiro ponto: um erro não justifica outro. Tentar defender um regime como o do Pol Pot, dizendo que outros fizeram o mesmo?
    Segundo ponto: estou simplesmente pasmo que alguém ainda tente defender um regime que fez o que Pol Pot fez.
    Mas, partindo de um comunista, fico pasmo mas não surpreendido.

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, após meu primeiro comentário, li o que está à direita (à direita!) da página.
    Este site só pode ser uma piada. Não é sério.

    ResponderExcluir
  3. Quando aparece trouxas como esses comunistas, levanto a mão para o céu, e dou graças a Deus de a União Soviética ter sido derrotada em 1991.

    ResponderExcluir